Arquivo mensal: outubro 2013

2º projeto

Padrão

Esse é provável um projeto que todo mundo já  viu por aí, mas era um sonho e custou baratíssimo. Além, é claro, de ter uma conexão com a história da minha família, já que meu bisavô era sapateiro.

IMG_2260

Só colocar vidro e temos um belo aparador

Uma curiosidade: máquina de costura utilizada pelo sapateiro tinha o pedal à esquerda, já a de costura normal ficava do lado direito.

Anúncios

1º projeto (que não foi feito por mim)

Padrão

Nem o contrato de aluguel assinado tínhamos, mas já fomos procurar os móveis para deixar a casa do nosso jeito.  Ah, e quando eu digo nosso, estou me referindo a minha mãe e eu.

Bom, ela sempre foi apaixonada pelas cadeiras de madeira vergada da Thonart, só que cada uma custa, aproximadamente,  R$600. Esse valor definitivamente não cabiam no nosso orçamento.

Qual foi a solução? Procurar cadeiras usadas! Sim, usadas, velhinhas, acabadinhas mesmo. Ué, estamos falando de móveis praticamente artesanais, feitos em madeira maciça, com desenho clássico e que podem passar por uma reforma sem sustos.

Encontrei um jogo com 6 cadeiras no Mercado Livre e não tive dúvidas. Arrematei todas por R$700, mas vocês vão entender o porquê do preço.

 

IMG_2256

 

 

Essa parecia que tinha tomado banho de betume

IMG_2257

 

 

Todas as outras estavam como essa: com uma camada imensa de tinta óleo

IMG_2258

 

 

Dessa aqui nós raspamos um pedaço para ver o tamanho da mão de obra que seria.

A condição era tão precária, que um DIY não ia ser suficiente.   Aí foi hora de acionar meu super marceneiro para dar um jeito nessas sofridas cadeiras. Depois de muito Pinoff, lixa e reclamações dele (falou que era um trabalho muito chato, que nunca mais faria aquilo na vida), elas ficaram maravilhosas.

IMG_2312

Agora só falta colocar a palhinhas no assento para ficarem 100%

 

Novo Começo

Padrão

Se as coisas não dão certo por um lado, está em nossa mãos fazer com que funcionem por outro.

Se a casa de campo não saiu, bora procurar um outro cantinho para os finais de semana. E foi isso que fizemos! Mas ao invés de comprar um imóvel, resolvemos alugar uma casa num condomínio fechado próximo a SP

Agora estamos com um desafio nas mãos: decorar uma casa grande sem gastar muito.

 

 

1